10 Curiosidades que talvez você não saiba sobre a gravidez

Curiosidades sobre gravidez
Curiosidades sobre gravidez
Curiosidades sobre gravidez
Curiosidades sobre gravidez

Não é nenhum segredo que a gravidez muda o corpo humano. Quando uma mulher carrega um filho, seu corpo precisa passar por muitos ajustes para garantir que ela e o bebê passem os próximos nove meses (ou próximos) com segurança.

Seus órgãos terão que mudar para dar espaço ao bebê, mas há muitas outras mudanças sutis que não são óbvias à primeira vista.

O feto também passa por mudanças notáveis enquanto cresce no útero e pode estar mais consciente do que está acontecendo no mundo exterior do que você imagina.

Aqui estão 10 fatos surpreendentes sobre a gravidez e algumas das explicações sobre por que o corpo humano muda tanto durante esse período.

A gravidez mais longa já registrada durou 375 dias

A gravidez mais longa já registrada durou 375 dias

O tempo mais longo registrado em que alguém está grávida é de 375 dias. Normalmente, a gravidez dura cerca de 280 dias, então o bebê de Penny Diana Hunter estava com quase cem dias de atraso em 1945.

Gravidezes mais longas são mais comuns do que você imagina. Muitas mulheres relatam estar grávidas por 10 ou 11 meses, em vez das nove usuais.

E a gravidez mais curta foram 21 semanas e quatro dias

E a gravidez mais curta foram 21 semanas e quatro dias

O primeiro bebê prematuro a sobreviver, ficou no útero por apenas 21 semanas e quatro dias. A criança aparentemente não tem problemas de saúde ou de desenvolvimento devido o nascimento precoce.

Diabetes na gravidez

Diabetes na gravidez

A diabetes gestacional ocorre quando o açúcar no sangue de uma gestante está muito alto e o pâncreas não consegue acompanhar o fornecimento suficiente de insulina. Geralmente desaparece após o parto.

O diabetes gestacional pode ocorrer em qualquer mulher. Não é comum a presença de sintomas. Por isso, recomenda-se que todas as gestantes pesquisem, a partir da 24ª semana de gravidez, como está a glicose em jejum e, mais importante ainda, a glicemia após estímulo da ingestão de glicose, o chamado teste oral de tolerância a glicose.

O diagnóstico é feito caso a glicose no sangue venha com valores iguais ou maiores a 92 mg/dl no jejum ou 180 mg/dl e 153 mg/dl respectivamente 1 hora e 2 horas após a ingestão do açúcar. Algumas mulheres tem maior risco de desenvolver a doença e devem estar mais atentas.

Os bebês podem sentir o gosto de certos alimentos no útero

Os bebês podem sentir o gosto de certos alimentos no útero

Quando você está com 13 a 15 semanas de gravidez, as papilas gustativas do seu bebê se desenvolvem e ele pode começar a experimentar diferentes sabores da sua dieta. O líquido amniótico que ela engole no útero, pode ter um gosto forte de especiarias como curry, alho ou outras refeições picantes. As papilas gustativas do seu bebê, se predispõem a gostar de sabores doces (é a maneira da natureza de ajudar bebês como o leite materno). E estudos mostram que os bebês engolem mais líquido amniótico quando o sabor é doce, do que quando é azedo ou amargo.

Mamães podem ter gengivite e mau hálito

Mamães podem ter gengivite e mau hálito

Algumas mulheres ficam com gengivas inchadas e doloridas, que podem sangrar durante a gravidez. Sangramento nas gengivas é causado por um acúmulo de placa nos dentes.

Alterações hormonais durante a gravidez podem tornar suas gengivas mais vulneráveis à placa, levando a inflamação e sangramento. Isso também é chamado de gengivite na gravidez ou doença periodontal.

Pode haver uma razão para desejos estranhos

Pode haver uma razão para desejos estranhos

Alterações hormonais podem atrapalhar os receptores do paladar e do olfato das mulheres grávidas, levando-os a desejar alimentos estranhos.

Os desejos também podem ser um sinal de falta de certos nutrientes na mamãe e o bebê. Por exemplo, o desejo de carne vermelha pode indicar uma deficiência de ferro.

s células-tronco fetais podem viajar pelo corpo, consertando coisas

As células-tronco fetais podem viajar pelo corpo, consertando coisas

Alguns anos atrás, os pesquisadores descobriram células fetais no cérebro das mães. Acontece que as células fetais podem migrar da placenta para os órgãos da mãe, o que pode ajudar a reparar os tecidos danificados. As células também podem desencadear distúrbios imunológicos.

A gravidez pode causar síndrome do túnel do carpo

As mulheres grávidas podem sentir inchaço nas mãos devido ao acúmulo de líquido nos tecidos. Às vezes, esse fluido pode se acumular no túnel do carpo, causando pressão nos nervos, causando formigamento e dormência nas mãos e dedos.

Segundo o NHS (Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido), até 60% das mulheres grávidas podem apresentar esses sintomas.

Azia pode realmente significar um bebê com mais cabelos

Azia pode realmente significar um bebê com mais cabelos

Um estudo descobriu que poderia haver alguma verdade no conto das esposas. Níveis mais altos de estrogênio e progesterona podem estimular o crescimento do cabelo e também relaxar o esôfago, resultando em refluxo ácido ou azia.

Seu coração cresce enquanto você está grávida

Seu coração cresce enquanto você está grávida

Para ajudar a bombear todo o sangue extra pelo corpo, o coração precisa aumentar de tamanho.

Solicite seu Orçamento